Page tree
Skip to end of metadata
Go to start of metadata
SistemaÚltima AtualizaçãoAutorTécnico
Novo ERP09/03/2018Lucas de AguiarEdna Abreu

Dúvida:


Como funciona a Hierarquia de Tributação Estadual e Federal na emissão de Nota Fiscal de Saída ou Entrada no Sistema Novo ERP?

Sumário:


Solução:


Para a emissão de nota fiscal seguimos a seguinte hierarquia:


1 - Natureza de Operação;

2 - Classificação Tributária por EAN / Produto (Exceção);

3 - Classificação Tributária por NCM;


Observação: Conforme a ordem acima é verificado a tributação estadual e federal, caso não seja encontrada em nenhuma das configurações será considerada a alíquota de PIS e COFINS do cadastro da filial e para Tributação Estadual não será gravada.


1 - Vinculação pela Natureza de Operação


Rotina:Natureza de Operação
Localização:Fiscal / Natureza de Operação


Acesse a localização indicada acima para realizar a vinculação.



Em seguida clique no sinal de (mais) no lado direito superior da tela para Cadastrar Nova Natureza de Operação.



Também será possível alterar as informações de alguma Natureza de Operação já existente clicando na caneta ao lado da qual deseja alterar.



A vinculação de tributação pela natureza de operação deve ser utilizada apenas para exceções, pois ao selecionar a natureza na emissão de nota, as tributações serão consideradas para todos produtos.


Como por exemplo uma tributação estadual para entrada de mercadorias para uso e consumo onde a empresa define que todas as entradas de notas fiscais com está natureza selecionada não haverá incidência de impostos:



2 - Vinculação pelo EAN


Rotina:Classificação Tributária EAN
Localização:Fiscal / Classificação Tributária EAN - NCM


Acesse a localização indicada acima para realizar a vinculação.



Em seguida clique no sinal de (mais) no lado direito superior da tela para adicionar uma Classificação Tributária do NCM/Produto.



Também será possível alterar as informações de alguma Classificação Tributária dos NCMs/Produtos já existente clicando na caneta ao lado da qual deseja alterar.



Caso possua algum item que tenha alguma exceção de tributação, deve ser utilizada a rotina para vincular a tributação estadual e federal por produto.


Por exemplo, caso possua 10 itens com o NCM XXXXXXXX que são tributados por substituição tributária, mas exista um item com este mesmo NCM que possua alguma particularidade que o diferencie dos demais em relação, deverá configurar a tributação de exceção do mesmo por EAN/Produto.


Configurando Tributação de Exceção


3 - Vinculação pelo NCM


Rotina:Classificação Tributária NCM
Localização:Fiscal / Classificação Tributária EAN - NCM


Na mesma rotina realizada no passo 2, deve ser realizada a vinculação da tributação estadual e federal por NCM para um grupo de produtos que terão a mesma tributação.


Observação: Abaixo da aba "Informações Básicas" são exibidos os produtos vinculados ao NCM.



Caso deseje mais informações sobre como vincular a tributação Estadual por NCM / Produto acesse o documento: Dúvida | Como Vincular Tributação Estadual Novo Erp?